Tecnologia do Blogger.

Resenha | Uma pequena casa de chá em Cabul - Deborah Rodriguez

Olá, leitores, tudo bem? 

A resenha de hoje trata-se de um livro que foi uma das melhores leituras do ano até agora. Se você ainda não conhece, precisa conhecer. E para isso, é só continuar lendo a resenha. 


Uma pequena casa de chá em Cabul

A princípio, somos apresentados a personagem Yazmina, uma afegã que precisou ser levada de seu distante vilarejo, em razão das dívidas de seu tio. Na viagem para Cabul, eles descobrem o segredo da jovem: ela está grávida. Yazmina logo é violentamente jogada para fora do carro e abandonada nas perigosas ruas de Cabul. Para sua sorte, Sunny, a orgulhosa proprietária de uma casa de chá na cidade, encontra-a e a leva em segurança para morar e trabalhar na pequena casa de chá. 


A casa de chá é frequentada por diversas pessoas, e após um evento para arrecadar dinheiro para a construção de um muro maior, com o intuito de garantir a segurança na violenta cidade, Sunny conhece Isabel, uma jornalista determinada, capaz de tudo para mudar a realidade das mulheres afegãs. 

Ela deu um suspiro, tirou uma fivela do bolso do avental e prendeu os cabelos num coque. A vida deveria ser fácil como antigamente, tão fácil quanto prender os cabelos, pensou ela. Você ama, morre e, no meio-tempo, vive da melhor forma que pode.

Dentre os funcionários da casa, há Halajan, uma idosa ainda apaixonada por um antigo caso de amor, que vai contra todas as regras e que precisa esconder o que sente de todos, principalmente de seu filho, Ahmet, um afegão que segue a risca os ideais tradicionais de seu país. 

Uma pequena casa de chá em Cabul irá relatar o drama dessas personagens, vivenciadas em uma região onde a tensão paira no ar e uma bomba pode explodir a qualquer momento. Mas também, será o cenário para o encontro de mulheres, que apesar de serem tão diferentes de si, encontrarão conforto e criarão um laço de amizade muito forte. 


Título: Uma pequena casa de chá em Cabul 
Autor(a): Deborah Rodriguez 
Editora: Leya
Ano: 2015
Nota:
Número de páginas: 304
Sinopse: Sunny é a orgulhosa proprietária de uma pequena casa de chá no coração do Afeganistão e precisa de um plano genial – e rápido – para manter o local e os clientes seguros. Yazmina, uma jovem grávida que fora roubada de seu distante vilarejo e abandonada nas ruas violentas de Cabul. Candace, uma americana rica que finalmente trocou o marido pelo amante afegão, o enigmático Wakil. Isabel, uma jornalista determinada com um segredo que pode privá-la da maior reportagem de sua vida. Halajan, a “mãe” do grupo, uma idosa cujo antigo caso de amor vai contra todas as regras. Essa pequena casa de chá em Cabul atende homens e mulheres, expatriados, funcionários da ONU e mercenários; todos em busca de um momento de paz em uma região onde a tensão paira no ar e uma bomba pode explodir a qualquer momento, mas também se torna o cenário para o encontro dessas cinco mulheres que, mesmo tão diferentes entre si, compartilham segredos e tornam-se amigas com uma relação extraordinária.

Minha opinião:

Ainda não tinha tido a experiência de ler um livro com essa temática e nem imaginava que fosse gostar tanto quando lesse. A história nos proporciona um misto de sentimentos, que nos acompanha desde as primeiras páginas até o final. Há momentos de angústia, mas há também acontecimentos inusitados de felicidade por parte dos personagens.

No decorrer do livro, nos é apresentado a história de cinco mulheres que vivem algum drama pessoal, e que estão dispostas a mudar a vida de outras em situações desfavoráveis. O leitor nesse momento da obra, será totalmente envolto a essas personagens, e o anseio de concluir a leitura crescerá ainda mais. 

Como disse anteriormente, Uma pequena casa de chá em Cabul é o primeiro livro que leio sobre esse tema, e apesar de ser um assunto lamentável, achei superinteressante a leitura e já estou à procura de histórias parecidas para ler. 

E vocês, já leram? Tiveram interesse em ler? Deixe a opinião de vocês nos comentários. 

4 comentários

  1. Gosto demais dessas histórias com dramas, principalmente com personagens femininas que se demonstram bem forte no desenvolvimento da história. Me pareceu bem interessante e envolvente, eu também não li tantos livros com esse tema. Se você descobrir mais sobre, compartilha com a gente!

    Xoxo <3
    Haise - Livros Que Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!

      O bom é que eu já descobri outros, só falta tempo para lê-los. Mas assim que eu concluir a leitura, postarei por aqui.
      Que bom que se interessou, é realmente muito bom!

      Beijão

      Excluir
  2. Olá, não conhecia o livros, mas que história é triste mais deve ser uma ótima leitura e você adorou a leitura, também nunca li história com essa temática. Vou deixar anotado.

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila!
      Qualquer dia desses, dê uma chance a ele, garanto que vai gostar!

      Beijão

      Excluir